InícioNotíciasNotíciasSaúdeSecretaria de Saúde dá orientações sobre prevenir o aparecimento de escorpiões

Secretaria de Saúde dá orientações sobre prevenir o aparecimento de escorpiões

Notícias, Saúde
Secretaria de Saúde dá orientações sobre prevenir o aparecimento de escorpiões

Em caso de aparecimento do animal, ele deve ser levado ao Setor de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Setor de Vigilância e Controle de Zoonoses, alerta a população para o procedimento em casos de aparecimento de escorpiões, comuns nesta época do ano. Eles são animais peçonhentos, que injetam veneno por um ferrão na ponta da cauda. Algumas dicas são fundamentais para evitar acidentes e a presença do animal.
Na natureza existem mais de mil espécies de escorpiões e os tipos mais comuns na região são: os marrons e os amarelos, sendo este último, considerado mais venenoso.
A chefe de Divisão de Vigilância Ambiental, Juliana Carvalho alerta que em caso de acidente, as pessoas devem procurar, imediatamente, um atendimento médico. “A Santa Casa de Misericórdia de Itapeva disponibiliza o soro para vítimas do escorpião. Em caso de picada, o procedimento é lavar bem o local com água e sabão e buscar o mais rápido possível o atendimento”, explicou .
Os escorpiões são de hábitos noturnos e se escondem durante o dia próximos às residências, entulhos, embaixo de pedras, mato, lixo, tijolos e telhas. Esses lugares são difíceis de serem atingidos pelos inseticidas.
Dentro das casas, a atenção, em especial, deve ser na saída de esgoto, ralos e caixa de gordura, pois os escorpiões procuram locais escuros e se alimentam principalmente de baratas. É preciso também manter quintais, jardins, garagens, depósitos e terrenos baldios sempre organizados, evitando matos, entulhos, lixos e restos de construção.
Nas residências, é imprescindível que móveis, camas, berços, colchões, sofás e cortinas estejam sempre afastados da parede. Já as roupas de camas e cortinas devem estar sempre afastadas 10 cm do chão. Também não se deve deixar roupas, toalhas, calçados e brinquedos no chão e antes de tudo, examine-os antes de utilizá-los.
Para afastar os escorpiões, a atenção deve ser redobrada para o aparecimento de frestas, buracos e vãos em muros, calçadas e paredes. É necessário tapá-los, evitando desta forma esses animais peçonhentos.
Juliana Carvalho explica que no caso de aparecer escorpião nas residências, para capturá-lo, é preciso posicionar um pote plástico por cima dele, passar um papelão por baixo e virar o pote com cuidado para cima. Por não ser agressivo, ele só pica quando molestado e por essa razão não é difícil de capturar.
Em seguida, deve-se aplicar uma leve borrifada de inseticida aerossol dentro do pote e após à sua morte, colocar álcool até cobri-lo e encaminhar para identificação no Setor de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses.
Juliana alerta para atenção nas dicas de se evitar acidentes e a presença dos escorpiões. Em caso de aparecimento do animal, ele deve ser levado ao Setor de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses. O telefone de contato é 3524 – 9398.