InícioNotíciasNotíciasSaúdePrefeito e secretária de Saúde concedem entrevista sobre atualização do Coronavírus no município

Prefeito e secretária de Saúde concedem entrevista sobre atualização do Coronavírus no município

Notícias, Saúde
Prefeito e secretária de Saúde concedem entrevista sobre atualização do Coronavírus no município

Na manhã desta quinta-feira, dia 19, o prefeito de Itapeva Dr. Mario Tassinari, acompanhado da secretária de Saúde Karen Grube, concedeu entrevista à imprensa local sobre a atualização de casos da Covid-19 na cidade.
A divulgação de 20 idosos que testaram positivo no Lar Vicentino deixou a população em sinal de alerta e, de acordo com os gestores, as equipes de Saúde estão trabalhando incansavelmente para que a situação não se agrave. Os idosos estão com sintomas leves e moderados, não precisando de internação. O Asilo também não poderá receber visitas e nem novos internos até que a situação seja controlada.
De acordo com a secretária, a Saúde já disponibilizou à população mais de 45 mil máscaras de proteção e nove mil testes, divididos entre munícipes que apresentam sintomas e profissionais da linha de frente, bem como servidores das secretarias municipais. “Itapeva está equipada e preparada para enfrentar a Covid. Ao todo hoje nós temos 12 leitos de UTI e 14 leitos moderados, exclusivos para tratamento de pacientes suspeitos ou positivos de Coronavírus. Porém, precisamos muito da colaboração da população para que não tenhamos aumento no número de casos novamente”, explicou.
Para o prefeito, o mais relevante ainda é conscientizar as pessoas de que o vírus está entre nós. “Usar a máscara é fundamental, assim como evitar aglomerações, lavar as mãos e utilizar álcool em gel diversas vezes ao dia. O Coronavírus não acabou, nós devemos aprender a conviver com ele e tomar as devidas precauções para evitar sua disseminação”, disse.
É importante ressaltar que todas as Unidades de Saúde têm máscaras de proteção gratuitas disponíveis para a população.
Ainda segundo os gestores municipais, é preciso evitar as aglomerações, pois os jovens na maior parte dos casos são assintomáticos, mas mesmo assim transmitem o vírus para outras pessoas. “Queremos deixar claro que não temos a intenção de fechar o comércio e não queremos retroceder de fase no Plano SP. A economia da cidade está retornando gradativamente e devemos seguir desta maneira. Para isso, precisamos da compreensão e colaboração de todos para que não tenhamos aumento no número de casos e consequentemente de óbitos. Contamos com a ajuda de todos vocês”, concluíram.