InícioNotíciasNotíciasPolicialRegiãoPolícia Ambiental prende três indivíduos em Nova Campina

Polícia Ambiental prende três indivíduos em Nova Campina

Notícias, Policial, Região
Polícia Ambiental prende três indivíduos em Nova Campina

No domingo (19), a Polícia Militar Ambiental prendeu três indivíduos por porte irregular de arma de fogo e ato de caça.

De acordo com os policiais, a equipe estava em patrulhamento preventivo ambiental quando se deparou com uma motocicleta a beira da estrada do bairro Itambé, sendo que ao se aproximar da motocicleta um indivíduo saiu da mata portando uma espingarda e ao ver a viatura tentou se evadir em meio à mata, porém, foi acompanhado por alguns metros sendo detido, em busca pessoal foi encontrado com o homem uma espingarda, dois canos calibre 24 municiada com 02 cartuchos íntegros;
06 cartuchos marca CBC calibre 24 íntegros;
01 cartucho marca CBC calibre deflagrado;
02 facas sem marca aparente e
01 bornal.

Havia com o mesmo cerca de cinco cães da raça americanos (utilizados normalmente para caça), sendo capturados somente dois pela equipe o restante se evadiu em meio à vegetação.
Foi questionado sobre ter autorização para caçar e registro e porte da arma, disse que não caçava e não tinha porte da arma.

Ainda durante as buscas a equipe visualizou duas motocicletas que ao verem a viatura uma delas retornou com dois indivíduos sendo que o garupa estava em posse de uma espingarda, após acompanhamento os policiais conseguiram abordar somente o condutor, com o mesmo nada de irregular foi encontrado.

Foi solicitado apoio ao COPOM, para a condução dos indivíduos, motocicletas e cães, onde com apoio das equipe foi feito averiguação com o intuído de localizar a outra motocicleta, a equipe deparou então com outro individuo saindo da mata, este que também tentou se evadir sendo acompanhado por alguns metros e detido, onde em busca pessoal foi localizado uma espingarda calibre 28 sem número e marca aparente, municiada com um cartucho integro;
04 cartuchos calibre 28 íntegros.

O homem foi questionado sobre alguma autorização para a caça e documentação a respeito da arma, disse que não possuía.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão em flagrante aos autores, sendo conduzidos ao plantão permanente de Itapeva juntamente com objetos e veículos, onde o delegado após tomar ciência dos fatos ratificou a voz de prisão em flagrante aos indiciados, sendo arbitrando fiança no valor de um salário mínimo cada indiciado, sendo esta honrada sendo ouvidos e liberados.

Já a Polícia Militar Ambiental tomou a seguinte medida administrativa:
Todos os três infratores foram autuados pelo crime de caça a animais silvestres, sendo cada indivíduo autuado no valor de R$ 1.000,00.