InícioNotíciasNotíciasSaúdeNovembro Laranja: o mês de conscientização ao zumbido

Novembro Laranja: o mês de conscientização ao zumbido

Notícias, Saúde
Novembro Laranja: o mês de conscientização ao zumbido

Clínica Conexão auditiva orienta sobre a detecção do zumbido e a importância do tratamento precoce.

Novembro Laranja é considerado um período de conscientização e cuidado no tratamento ao zumbido. De acordo com estudos, 30% da população ao envelhecer vai apresentar zumbido e este é o terceiro pior sintoma no mundo que pode levar a pessoa a ter depressão e até mesmo ao suicídio. Além disso, 90% dos casos de zumbido são sintomas da perda auditiva. “Muitos pacientes acreditam que não tem cura, mas zumbido tem cura sim, porém com tratamento especializado”, disse a Dra.
Segundo a fonoaudióloga, é extremamente importante conscientizar a população. “Têm pessoas que convivem 20 anos ou mais com o zumbido, depressivos, sem conseguir se comunicar e acreditam que devido ao zumbido eles estão ouvindo menos, mas sempre é o contrário, na verdade é a perda auditiva que causa o zumbido”, explicou.
Há exames específicos para avaliar o zumbido, porém, de acordo com a Dra. Cintia o principal passo é avaliar a via auditiva. “A falta de qualquer frequência da via auditiva é capaz de provocar o zumbido. O cérebro sente essa falta e nem sempre o paciente vai apresentar queixas auditivas. Dependendo da configuração destas frequências, o paciente não percebe que ele está ouvindo menos. Por meio da audiometria e da imitanciometria é possível identificar essa falta e então iniciar o tratamento precoce”, esclareceu.
Existe ainda um exame específico para o zumbido, a acufenometria, que avalia a frequência e a intensidade do zumbido. “A partir deste exame, nós conseguimos traçar terapias cognitivas, que irão proporcionar o alívio do zumbido. O mais importante: se nós temos perda auditiva, temos que tratar a audição”, frisou.
Segundo a fonoaudióloga, dentro dos aparelhos auditivos já têm o tratamento para o zumbido, então o fato de o paciente voltar a ouvir todas as frequências muitas vezes é o suficiente para que o zumbido desapareça. “Se o paciente já estiver com o zumbido há muitos anos, temos que utilizar outros recursos para tratar, como os geradores de sons. Nós conseguimos colocar alguns sons modulados para que o paciente esqueça do zumbido e comece a prestar atenção na audição. Temos também a terapia Notch, que é um filtro onde a via auditiva está excitada e começa a enviar comandos, assim este filtro diminui a excitação desta informação, o que facilita no tratamento”, finalizou.
A clínica Conexão Auditiva, além de oferecer os cuidados necessários para tratar o zumbido, está com 20% de desconto em todos os aparelhos auditivos até o dia 30 de novembro. Se você tiver algum sintoma de zumbido ou perda auditiva, agende uma consulta. O telefone para contato é o (15) 99807-0325 e a clínica fica localizada à Rua Santana, nº 403, no Centro. Conheça mais sobre os serviços oferecidos pelo site www.conexaoauditiva.com.br