InícioNotíciasSaúdeItapeva registra 4 casos de dengue em 2020

Itapeva registra 4 casos de dengue em 2020

Em 10 dias, foram encontradas 52 amostras positivas para o Aedes Aegypti nos bairros da cidade; Sorocaba já decretou epidemia

Saúde
Itapeva registra 4 casos de dengue em 2020

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da DVS – Divisão de Vigilância Ambiental e Controle de Zoonoses de Itapeva, realizou uma reunião para atualizar os demais setores da administração municipal sobre o quadro epidemiológico e a infestação do mosquito Aedes Aegypti.
Em 2019, a cidade teve 12 casos de dengue no decorrer do ano todo. Já em 2020, apenas neste mês de janeiro, já foram confirmados 4 casos outóctones (contraídos no próprio município) e nenhum importado.
De 7 a 16 de janeiro, foram encontradas 52 amostras positivas para o Aedes Aegypti nos bairros da cidade, que são eles respectivamente: Jardim Ferrari (3), Jardim Califórnia (1), Vila Taquari (2), Vila São Francisco (2), Jardim Grajaú (3), Vila Santa Maria (5), Bairro de Cima (5), Vila Nova (3), Centro (3), Vila Bom Jesus (1), Jardim Nova Itapeva (1), Vila Ribas (3), Vila Camargo II (2), Jardim Belvedere (4), Vila Camargo I (2), Jardim Bonfiglioli (3), Vila Aparecida (1), Vila Mariana (5), Parque Cimentolândia (1) e Jardim Kantian (3).
Os principais sintomas ocasionados pela dengue são: febre alta de início imediato, dores moderadas nas articulações, manchas vermelhas na pele e coceira.

Cuidados para evitar criadouros:
– Elimine as plantas aquáticas, pois elas são um grande risco para a procriação do mosquito;
– Coloque cascas de ovos, latas, tampas de garrafas e outras embalagens vazias em sacos plásticos bem fechados antes de descartá-los. Mantenha-os fora do alcance de animais até o recolhimento;
– Elimine os pratinhos das plantas ou mantenha-os juntos, não deixando espaço para que os mosquitos coloquem seus ovos;
– Reservatórios de água devem permanecer microtelados para não permitir que o mosquito tenha acesso à água e coloque seus ovos;
– Guarde os pneus velhos em local seco e abrigado de chuva ou entregue no Posto de Coleta da Prefeitura de Itapeva, na Rua Gastão Vidigal, esquina com a Noemi de Moura Müzel, para serem reciclados;
– Mantenha as calhas para água da chuva desentupidas;
– Bloqueie o cano de sustentação da antena parabólica para que não acumule água em seu interior;
– Mantenha a caixa d’água com tampa completamente lacrada. Retire a água acumulada na laje;
– Elimine qualquer objeto que possa acumular água, como as partes de garrafas de vidro utilizadas em cima de muros;
– Mantenha os reservatórios de água das geladeiras com detergente;
– Ralos em desuso devem permanecer fechados. Ralos externos devem permanecer desobstruídos para não acumularem água;
– Lave, com escova, os potes de água dos animais uma vez por semana, no mínimo;
– Bromélias acumulam água em seu interior. Por esse motivo, são proibidas no perímetro urbano de Itapeva, de acordo com a Lei nº 1.788/2.002, descumprimento sujeito a multa;
– Mantenha a água das piscinas limpa e devidamente tratada. Utilizar capa como cobertura não impede os focos do mosquito, devido às pequenas frestas formadas.