InícioNotíciasSaúdeHeróis da Quarentena

Heróis da Quarentena

Saúde

Em tempos de isolamento social e de temor pelo contágio pelo Covid-19, algumas classes trabalhadoras não tem outra alternativa a não ser enfrentar a situação e se colocar na linha de frente na luta contra o inimigo invisível.

A esses trabalhadores demos o nome de Heróis da Quarentena e vamos apresentar alguns desses profissionais a população representando toda a classe.

Benedito Floriano
Rádio operador

Benedito trabalha há 8 anos como rádio operador da central de regulação do SAMU e de acordo com ele sua rotina tem sido bem corrida.

São diversos atendimentos as chamadas telefônicas, abertura de fichas de solicitações de ambulância e auxília ao médico na regulação fazendo o primeiro contato com o solicitantes nos chamados.

Sobre trabalhar nesse período Benedito conta que fica apreensivo com as chamadas. Pois tem momentos que querem resolver o problema e também da um certo tipo de ansiedade pois todas chamadas que entra se colocamos no lugar da família, “Eu mesmo ja tive que abrir ficha de chamadas que eram relacionados a pessoas de minha familia, é angustiante”, diz.

O profissional deixou o seu recado a população.  “Minha mensagens neste momentos em que estamos vivendo é ter fé e confiança primeiramente em Deus. E certeza que a equipe do SAmu esta preparada psicologicamente e emocionalmente para atender as ocorrências a qual forem atribuidas a elas. Trabalhamos em ambientes familiar pois aqui nos tornamos uma família e procuramos o bem de cada um para nós que ficamos na regulação fica a expectativa que tudo corra bem com a Equipe que esta na rua no atendimento.

Paulo Moraes
Condutor de veículo de emergência

Paulo trabalha há 8 anos no SAMU e conta que a rotina pós pandemia é de muito mais atenção, proteção e atualização constante do serviço.

Ao sair de casa para executar suas funções, Paulo conta que seu pensamento é mais do que nunca é de se proteger e assegurar que vamos passar por tudo isso e que viveremos para contar essa história a próxima geração.

Hélio Góes
Médico

Há treze anos como médico, Dr. Hélio atua há 07 anos no SAMU de Itapeva.

O médico conta que muita coisa mudou no atendimento pós quarentena, pois as equipes saem para atendimentos completamente apreensivos  para os casos suspeitos de Covid-19. Apesar de sempre contar com materiais de proteção, hoje Dr. Hélio diz que a cautela é muito maior, focando na segurança da equipe e dos familiares do paciente.

Por trabalhar em um órgão de atendimento emergencial  o trabalho já deixa as equipes em alerta, e agora enfrentando um inimigo invisível o trabalho fica mais  apreensivel deixando todos em estado de alerta.

Por fim Dr. Hélio deixa uma mensagem a população itapevense dizendo que este é o momento de nós cuidarmos, seguindo as orientações como o de uso de máscaras, distanciamento social e higienização das mãos, pois apesar do problema grave, com fé em Deus e união essa adversidade será superada.