InícioNotíciasNotíciasPolíticaSaúdeComissão empresarial elabora relatório confrontando dados do Estado

Comissão empresarial elabora relatório confrontando dados do Estado

Notícias, Política, Saúde
Comissão empresarial elabora relatório confrontando dados do Estado

A questão do isolamento social está gerando ampla discussão principalmente no que diz respeito à questão econômica, e em Itapeva não é diferente, tanto é que, órgãos representantes dos empresários do município se uniram e elaboraram um relatório para confrontar dados divulgados pelo governo estadual.

A ideia veio após as reiteradas falas do governador João Dória sobre o desrespeito à quarentena em algumas cidades, incluindo Itapeva. Como o município não atinge a marca de 55% de isolamento social que seria o necessário para a abertura gradual da economia de acordo com os critérios do governo paulista a apreensão dos comerciantes locais se tornou grande.

Desta forma foi elaborado um relatório levando em conta a realidade da região, mostrando as peculiaridades de Itapeva, contando inclusive com dados sobre como o momento tem afetado a economia itapevense.

O estudo feito com o apoio do Sincomércio, Associação Comercial, Associação dos Contadores e Sincomerciários foi encaminhado ao Ministério Público com o pedido de apoio à abertura do comércio com os devidos cuidados. Foi entregue ainda uma cópia ao prefeito Mário Tassinari e ao presidente da Câmara Municipal de Itapeva, Oziel Pires que falou sobre a situação. Confira:

*IN*- Diante o que foi apresentado pela comissão de empresários, qual a opinião do senhor quanto a abertura do comércio?

*Oziel*-Eles apresentaram um relatório muito bem elaborado , com todos os requisitos necessários para que haja uma flexibilização na abertura do comércio, porém ainda temos que aguardar a análise do ministério público. Em sua fala o prefeito se colocou sensível e apoiador dos comerciantes, a câmara em sua competência é totalmente favorável, terá o apoio dos 15 vereadores, diante disso vamos aguardar a manifestação do prefeito interino

*IN*- Como a Câmara pode auxiliar nesse impasse entre município e estado?

*Oziel*-Não nos compete nessa questão, essa é uma atribuição exclusiva do poder executivo, e mesmo ele com boa vontade tem que submeter ao cumprimento de orientações do judiciário sob pena de multa, e a câmara poderá contribuir através de votações e ou alteração na Lei Orgânica, como já foi apresentado, as articulações a deputados para que se chegue até o Governador, fica muito restrito nesse momento.

*IN*- Caso o governo do Estado não flexibilize as regras, existe algum outro meio para tentar salvar a economia local?
*Oziel*-Como já dito na pergunta anterior, vereador Marinho juntamente com vereador Jé apresentaram uma alteração na lei Orgânica, subscrito pelos demais vereadores onde delega única e exclusiva a competência ao executivo municipal a flexibilização do comércio, vai depender do empenho e coragem do poder executivo em dar as mãos aos nossos comerciantes .