InícioNotíciasCidadeNotíciasPolicialAumenta o número de moradores de rua em Itapeva

Aumenta o número de moradores de rua em Itapeva

Cidade, Notícias, Policial
Aumenta o número de moradores de rua em Itapeva

Nos últimos meses a população de Itapeva vem notando uma presença maior de pessoas em situação de rua no município.

Dois pontos se destacam na cidade referente a essa questão: Rodoviária e a rotatória do Jardim Maringá, quem passa por esses locais pode ver a concentração de pessoas diurnamente.

A sensação de aumento desse grupo de pessoas é real, porém é menos do que se imagina. De acordo com os números da Secretaria de Desenvolvimento Social de Itapeva o município conta hoje com 30 pessoas em situação de rua, sendo 24 da própria cidade e 06 de municípios vizinhos.

Já outras pessoas que se encontram nas ruas junto com esse grupo na realidade tem casa para morar, mas optam em ficar na rua ou retornam a noite para ficar em suas residências.

A secretária de Desenvolvimento Social, Lucinha Schreiner falou sobre essa situação e sobre como a sua Pasta vem trabalhando com a questão. Confira:

IN- Nos últimos meses estamos vendo um crescente número de pessoas morando nas ruas em Itapeva. Essa percepção é verdadeira?

Lucinha- Sim.

IN- Quais os números de moradores em situação de rua no município nos anos de 2019, 2020 e atualmente?

Lucinha- Média anual: Ano/2019 – 451 migrantes; Ano/2020 – 16 pessoas atendidas residentes do município e 277 migrantes; Ano/2021 – 24 pessoas atendidas residentes do município, 06 pessoas atendidas de municípios vizinhos e 341 migrantesaté o presente momento.

*MIGRANTES (pessoas que estão de passagem, ou permanecem em situação de rua por um período).

IN- Qual o trabalho que vem sendo realizado diante deste quadro?

Lucinha- A equipe de abordagem social do CREAS realiza as abordagens diariamente no período diurno e período noturno escalonado a fim de estabelecer vínculos, sendo que muitos dos que estão nesta situação de rua já possuem vínculos com a equipe e aderem aos serviços ofertados pela Secretaria de Desenvolvimento Social, como os serviços do Centro de Convivência e Cidadania (atendimento técnico, alimentação, higiene pessoal e encaminhamentos necessários. Horário de funcionamento CREAS / CCC – das 08h às 17h.

IN- Existe uma explicação para essa situação?

Lucinha- No período pandêmico a situação de vulnerabilidade socioeconômica tem levado cada vez mais pessoas a se colocarem nesta situação, devido a questões familiares, uso abusivo de substâncias psicoativas e a falta de emprego.

IN- Como funciona o acolhimento no albergue da cidade?

Lucinha- O serviço de albergagem está sendo executado pela Associação Ao Teu Encontro,estando localizado a Rua Taquari,285 – Vila Taquari – Itapeva /SP. Horário de funcionamento pernoite das 19h30 à 07h30, sendo servido jantar, chá da noite, banho e café da manhã.